Resumo musical

Best Coast lança single. Desta vez não há clima ensolarado

O Best Coast prepara o lançamento de seu terceiro álbum. A primeira mostra dessa nova empreitada sonora – sim, a sonoridade não está mais tão ensolarada, parece que agora faz garoa, haha – é o single “California Nights”, canção de melodia mais encorpada e de guitarra mais ousada (cheia de belos riffs) em relação aos trabalhos anteriores, cujo videoclipe reúne imagens justapostas que remetem à psicodelia dos anos 60. Viagem boa, da competente dupla Best Coast.

Outra porrada sonora do Prodigy. Apenas

O Prodigy segue fazendo barulho a cada canção divulgada de seu próximo trabalho, o disco The Day Is My Enemy – após um período de seis anos sem lançar um álbum de inéditas –, que chega às lojas ao final de março. Na última semana foi a vez de soltar a faixa “Wild Frontier”, que inclusive ganhou um vídeo assinado por Mascha Halberstad. Massa!

Scarlet monta grupo indie-pop

A Scarlett Johansson é uma daquelas estralas do cinema que adora se aventurar no campo da música. A gente não reclama, pois ela já mostrou que possui talento. Após cantar com Tom Waits em um tributo ao genial Serge Gainsbourg, a moça agora resolveu mergulhar em um projeto indie-pop, com a Este Haim (Haim), Holly Miranda, Julia Haltigan, e Kendra Morris. O projeto musical se chama The Singles, e a sonoridade da primeira faixa divulgada pelo grupo, “Candy”, lembra um pouco o som das Haim – eu achei. “The idea was to write super-pop dance music written and performed by girls”, disse Scarlett à Consequence Of Sound.

Noel e sua canção-revolução  

O competente Noel Gallagher lança no começo de março o álbum Chasing Yesterday – e algumas das faixas que vazaram na web dão pistas de que o trabalho está bem bom. Na última semana, o músico divulgou a faixa que será lado b do single “Ballad of the Mighty I”, a inédita e ao mesmo tempo já conhecida “The Revolution Song” – o vídeo abaixo mostra uma versão que já circulava na YouTube. Maaaas, eis que a tal canção agora ganhou uma versão de estúdio, mais interessante, inclusive – clique aqui e confira no site Popload. Quer ouvir a história da faixa? O brother Noel explica neste vídeo.

Thiago Pethit fazendo Iggy Pop

O competente Thiago Pethit segue com a turnê do ótimo Rock’n’Roll Sugar Darling, um dos grandes discos nacionais de 2014. Nos próximos dias, o músico levará seu som ao solo argentino, mais precisamente a Buenos Aires. Nesta semana, uma série de vídeos dos últimos shows do cantor foi postada no YouTube, entre os quais vale destacar a versão feita para “I Wanna Be Your Dog”, clássico absoluto dos Stooges. Pode aumentar o som.

Resumo musical

As meninas do Haim e o funk-soul-brother Morris Day

O funk encontrou o indie-pop no programa do apresentador Jimmy Kimmel, na última semana. Durante a apresentação do músico Morris Day, ícone dos ritmos soul e funk, as meninas do Haim subiram ao palco para, ao lado do artista, cantarem a bela e dançante “Jungle Love”. É o programa do Kimmel conectando novamente músicos de vertentes variadas, assim como fez nas últimas semanas, quando convidou Weezer e ZZ Top.

Jack evoca o jazz em lado b de single

O gênio Jack White divulgou na última semana o lançamento da faixa “That Black Bat Licorice” no formato single. A novidade fica por conta da canção que integra o lado b, “Blue Light, Red Light (Someone’s There)” – clique aqui e confira –, do jazz man Harry Connick Jr. Jack White, que recentemente voltou a incluir canções do White Stripes em seu show, vem ao Brasil para o Lollapalooza deste ano, e pelas últimas apresentações do artista, podemos esperar um belíssimo espetáculo.

Antes de vir ao Brasil, Pharrel visita os Simpsons

Outra atração do nosso Lolla é o rapper Pharrell Williams. Na última semana o cantor fez uma aparição na sério The Simpsons – além de tocar também no Grammy –, famosa por sua antena captadora de personagens da cultura pop. Como não poderia ser diferente, Pharrell tocou o super hit “Happy”.

Paul Weller divulga faixa inédita

Ícone da música britânica, o cantor Paul Weller (ex-Jam) lança o álbum Saturns Pattern em 11 de maio (clique aqui e veja o set list). Na última semana, o músico divulgou outra faixa que irá integrar seu próximo trabalho, a cascuda “White Sky” – cujo videoclipe você confere abaixo. O novo disco de Weller terá participações bem interessantes, entre elas Josh McClorey (The Strypes) e o também ex-Jam Steve Brookes.

Haynie, Lykke Li e Romy Madley Croft (XX)

Lykke Li e Romy Madley Croft, guitarrista do XX, foram convocados a integrar o álbum do produtor e compositor Emile Haynie. O artista lança no próximo dia 24 de fevereiro o álbum We Fall, e a dupla convidada participa da ótima “Come Find Me”, divulgada nesta semana – confira o clipe da faixa a seguir. Além de Lykke Li e Madley Croft, o disco do produtor contará com outros parceiros especiais, como Brian Wilson (Beach Boys), St. Vincent, Charlotte Gainsbourg e Lana Del Rey, entre outros. Apenas.

Resumo musical

Wu-Tang Clan lança disco novo hoje!

O grupo de rap Wu-Tang Clan lança nesta segunda-feira o álbum A Better Tomorrow. A banda já havia divulgado as inéditas “Ron O’Neal”, “Keep Watch”, “Ruckus in B Minor” e “Necklace”, que irão compor o novo trabalho, e na última semana a faixa-título também vazou na web. Com uma bela levada jazzística de piano, “A Better Tomorrow” mostra o lado mais soul do Wu-Tang Clan.

O Interpol e uma inédita lado b

O Intermpol do vocalista Paul Banks, atração confirmada do nosso Lollapalooza, lançou na última semana o single “Everything Is Wrong”, cuja capa é assinada pelo artista Shepard Fairey. O lado b do single é a inédita “What Is What”, que pode ser baixada no site do Interpol – digite “Everything Is Wrong” que automaticamente você terá acesso ao download das canções.

Um filminho sobre os Libertines

O diretor Roger Sargent assina mais um documentário sobre o grupo britânico The Libertines, uma das sensações inglesas dos anos 2000, que desde a sua separação vive o impasse “volta ou não volta”. Na última semana, Sargent divulgou outro minidocumentário sobre a banda, com diversas imagens de bastidores e vídeos raros que estavam guardados nos arquivos do cineasta. Recentemente, em entrevista à NME, Carl Barât afirmou que possui cinco canções novas escritas em parceria com o correligionário Pete Doherty e há rumores de um possível show do grupo no Glastonbury 2015. Será?

Bastille vs Haim?

As meninas do Haim e os brothers do Bastille divulgaram na última semana a parceria entre as bandas na faixa “Bite Down”. Os dizeres do cartaz de divulgação do single alertam para o confronto musical “Bastille vs Haim”, e a canção irá compor a mixtape de nome esquisito VS (Other People’s Heartache Pt. III), prevista para chegar às lojas em 10 de dezembro. O Bastille é uma das bandas que vêm ao Brasil no Lollapalooza 2015.

Cat Power, antes de passar por São Paulo, tocou uma inédita em Istambul  

A dobradinha Cat Power ocorrida em Sampa, no último final de semana, durante o Popload Festival 2014, deu o que falar. Ela fez uma apresentação surpresa na estação de metrô Paraíso, se desentendeu com parte da plateia no primeiro show (muito punk rock!) e exibiu a barriguinha de futura mamãe (ela está grávida!). Mas antes de pisar em solo brasileiro, entretanto, a queridíssima Chan tocou uma faixa inédita durante um show na Turquia. O nome da canção ainda é um mistério, mas como infelizmente este que vos escreve não foi aos shows dela em Sampa, resta saber se a tal faixa rolou por aqui. Alguém aí que foi, por favor, nos informe (hehe). Para conferir a música inédita, via Pitchfork, clique aqui.

Resumo musical

“Tudo está ficará bem”, diz a banda Weezer

Em tempos de imprensa sensacionalista, a gente usa aspas fora do contexto aqui no blog também, mas abordando o lado positivo, coisas boas, claro – não somos a Veja. O competente Weezer lançou o álbum Everything Will Be Alright in the End no último dia 7 de outubro, trabalho que recolocou o grupo no cenário musical. Um bom disco, vale ressaltar. Nesta semana, a banda subiu ao palco do programa do apresentador Jimmy Kimmel, para divulgar o álbum, onde tocou a bela “Ain’t Got Nobody”. Grande retorno do Weezer.

Jack White visita programa “The Ellen DeGeneres Show”

Outro artista que andou fazendo aparições na TV foi o Jack White. Na última semana, o músico visitou o programa The Ellen DeGeneres Show, no qual tocou as faixas “Alone In My Home” (clique aqui e confira) e “Would You Fight For My Love”. Durante a entrevista, Jack falou sobre a situação atual de sua carreira, que vai muito bem com o recém-lançado álbum Lazaretto – para assistir à conversa, clique aqui.

Haim e Stevie Nicks tocam Fleetwood Mac

As meninas da banda Haim e a vocalista do Fleetwood Mac, hoje artista solo, Stevie Nicks, participaram de uma entrevista na casa de Nicks, em Los Angeles, nesta semana. O bate-papo foi conduzido pela revista T Magazine, do importante The New York Times, e na conversa Nicks falou sobre como administrar essa complicada relação vida-fama, dicas que certamente foram valiosas para as Haim. Ao final, para ficar mais bonito, Nicks e as meninas fizeram uma bela versão para “Rhiannon”, faixa do Fleetwood Mac.

Screaming Females divulga single, e você precisa conhecer essa banda

Conforme o aviso no título que você acaba de ler, caso não conheça o Screaming Females, trate de conhecê-lo já – aproveite as facilidades da web, porque antes, a galera não tinha tanta moleza assim. O grupo começa turnê nova em novembro, e aproveitando o giro, a banda lançou nesta semana o single Wishing Well. A canção já vinha sido tocada em alguns shows do grupo e, por conta dos constantes pedidos dos fãs, o Screaming Females decidiu lançá-la oficialmente. À primeira audição, a faixa parece destoar da sonoridade tradicional da banda, que navega na atmosfera garage-punk, no entanto, é impossível não dançar ao som da pegada de “Wishing Well”, e seu  indie-pop delicioso. Lindíssima.

Johnny Marr participa de ‘session’ na BBC

Antes de falar sobre o momento mágico da carreira do Johnny Marr, faço aqui uma menção triste ao comunicado que o gênio Morrissey fez nesta semana, sobre sua luta contra um câncer. Estamos torcendo por você, Moz. Voltando ao Marr, o músico, cuja foto estampa a capa da edição mais recente do semanário britânico New Musical Express, visitou a rádio BBC 6 Music para divulgar o seu próximo álbum, Playland (lançado nesta semana). Na passagem pela rádio, Marr tocou a faixa “Easy Money”, que integra o seu novo disco. Desnecessário dizer que a música é boa e os riffs de guitarra são incríveis, né?

Resumo musical

Lauryn Hill dedica canção ao jovem morte em Ferguson

A rapper Lauryn Hill divulgou, via Twitter, uma versão da faixa “Black Rage”, na última semana. A canção foi dedicada ao jovem negro morto covardemente pela polícia de Ferguson, Estados Unidos. O engajamento da incrível Lauryn Hill também poderia ser aplicado ao Brasil, já que nas periferias do nosso país a polícia age com a mesma violência – em alguns casos em proporções bem mais agravantes.

 

Haim convoca time de artistas em novo clipe

O trio feminino pop-indie Haim divulgou na última semana o vídeo da faixa “My Song 5″. A versão que ganhou clipe é um remix, com participação de A$AP Ferg, diferente da canção original que entrou no álbum Days Are Gone, na qual o rapper não aparece. O vídeo mostra uma espécie de programa, desses de plateia, e conta com participações de músicos como Ke$ha, Ezra Koenig (Vampire Weekend), Grimes e Big Sean.

 

Interpol lança vídeo e disponibiliza novo álbum para audição (via NPR)

A banda norte-americana Interpol lança em 8 de setembro seu próximo disco, chamado El Pintor. Na última semana o grupo divulgou o vídeo da faixa “Ancient Ways”, com a sonoridade pós-punk bastante conhecida na trajetória do Interpol marcando presença. Aqui no blog a gente já havia mostrado as faixas “Anywhere” e “All the Rage Back Home”, e hoje a banda disponibilizou, via a ótima plataforma NPR, a disco novo na íntegra, clique aqui e ouça.

 

Conheça o Slaves, e a ótima “Hey”

Destaque na última semana nos sites das revistas NME e Clash, o grupo britânico de punk rock Slaves mostra que o gênero disseminado por Ramones, Sex Pistols e companhia continua rendendo ao mundo bandas legais. Na última semana, o grupo se apresentou no gigante festival Reading e divulgou também seu novo single, a bela faixa “Hey”. Li um texto na NME que diz que o som dos caras remete a Sham 69, Horrors no começo de carreira e Cramps, em alguns momentos. Apenas isso.

 

Drums lança vídeo e vem ao Brasil em novembro

O Drums lança seu próximo álbum, Encyclopedia, no dia 23 de setembro. Na última semana, a dupla norte-americana divulgou o vídeo da bela “I Can’t Pretend” (com direito a letra da canção para você aprender a cantar, hehe). Mas é melhor notícia foi veiculada hoje, pelo o blog Popload, confirmando que a banda vem a São Paulo para tocar no festival Popload Gig, no dia 5 de novembro, no aconchegante Cine Joia. Yeah!

 

Chvrches responde a chororô de integrante do Linkin Park

Desavenças entre bandas sempre vão ocorrer, é normal. Mas confesso que alguns casos são bem fáceis de compreender – e me sinto tranquilo em me posicionar também –, pois muitos desses relatos desnecessários, do alto da erudição musical de seus respectivos autores, soam como “mimimi” com uma boa dose de “dor-de-cotovelo-mesmo”.

Em entrevista concedida à plataforma Noisey, Mike Shinoda (Linkin Park) disse que estava cheio de ouvir bandas como Haim, Chvrches e Vampire Weekend na rádio rock de Los Angeles que, segundo ele, soam como música comercial da Disney (grifos meus). Talvez ele não saiba, mas existe o comando “mudar de estação”, ou na verdade pode ser também que sua banda não está lá vivendo os tempos de ouro do new metal e polêmicas rendem mídia, né? Seja como for, soou choradeira boba.

A resposta não demorou. Em entrevista ao canal Joiz, durante o festival francês OpenAir St. Gallen, o pessoal do Chvrches respondeu à altura e lembrou que há mais opções de rádio para satisfazer o gosto apurado do inconformado Shinoda, entre outras cortadas. Deixando a polêmica de lado, o vídeo acima traz uma conversa interessante com a banda Chvrches, e o assunto chato acaba ficando em segundo plano. Melhor assim.

Os cinco melhores álbuns (internacionais) de 2013

Ano produtivo na música, trabalho árduo para o Cultura no Prato. A missão de selecionar os cinco discos mais legais de 2013 – não necessariamente os mais legais, se é que vocês me entendem – foi das mais difíceis, enfim, obviamente deixamos belos álbuns de fora. Sorry.

Já fazendo o mea culpa, fui obrigado a pensar e pensar, ouvir as canções, ler resenhas nas principais revistas e jornais para montar a listinha. Uma tortura. O fato é que deixar discos como Settle (Disclosure), Silence Yourself (Savages), Push the Sky Away (Nick Cave & The Bad Seeds) e Modern Vampires of the City (Vampire Weekend) não deve ser considerado um crime, pois estes discos estão sim entre os melhores do ano – seja qual for a lista.

Vamos ao que interessa, os cinco melhores discos deste ano, na opinião deste blog que acompanhou e abordou o lançamento de cada um destes grandes trabalhos.

Arctic Monkeys – “AM”

Com AM, o Arctic Monkeys formou uma trilogia bem interessante em sua discografia, ao lado de Humbug (2009) e Suck It And See It (2011). Segundo a NME, eles ainda têm muito para contribuir com a música. Concordo.

Daft Punk – “Random Access Memories”

Após dezenas de teasers do hit “Get Lucky”, o Daft Punk retornou ao cenário musical com um ótimo disco, que ainda conta com a participação do Stroke Julian Casablancas. O som retrô da dupla francesa é inconfundível.

David Bowie – “The Next Day”

Este belíssimo disco marca o retorno do gênio David Bowie. Sem mais.

Haim – “Days Are Gone”

Desde que lançou o ótimo Forever EP (um EP, claro), o trio formado pelas irmãs Este, Alana e Danielle Haim só cresceu musicalmente. Algumas faixas de Forever foram tão bem recebidas pela crítica que até entraram no Days Are Gone. O som é indie-pop-80’s. Coisa linda do início ao fim.

Lorde – “Pure Heroine”

Nascida Ella Yelich-O’Connor, a cantora e compositora neozelandesa Lorde é uma espécie de furacão contemporâneo. A sonoridade dela parece estar entre a Lana Del Rey e o XX. Esqueça o hype, ela é boa mesmo.

Aguardem, na próxima semana teremos a listinha dos “cinco melhores álbuns lançados no Brasil”.