De Hank Williams a Daft Punk, as próximas cinebiografias

O ator Tom Hiddleston (na imagem acima, à esquerda) prepara as cordas vocais para interpretar no cinema um dos músicos que mais influenciou Bob Dylan, a lenda folk Hank Williams. O longa I Saw The Light, previsto para ser lançado em meados de 2015, é uma adaptação da biografia assinada por Colin Escott, sobre o cantor norte-americano.

Hank Williams pertence ao rol de artistas que tiveram ascensões meteóricas, vidas conturbadas e morte precoce – Hank faleceu aos 29 anos, vítima de um ataque cardíaco. Segundo o site da Consequence Of Sound, além dos trabalhos na gravação do novo filme, Hiddleston tem ensaiado canções de Hank Williams para uma (suposta) apresentação no Wheatland Music Festival, que ocorre nos dias 27 e 28 de setembro em Michigan.

Geração de ouro da música pop-eletrônica francesa

Não é todo dia que uma cena musical revela, de uma só vez, nomes como Daft Punk, Cassius e Air. A Paris desses artistas dialoga com a corrente criativa que banhou o Recife do manguebeat, ou a Londres do punk, cada qual com a sua importância histórica, e seus respectivos porta-vozes.

Previsto para chegar às salas de cinema em novembro deste ano, o filme Eden (confira o trailer ao final deste texto) vai narrar como surgiu a cena musical de Paris, nos anos 90, quando o DJ Sven Løve tocava em festas underground, nas quais circulavam também Thomas Bangalter e Guy de Homem-Christo (Daft Punk).

Quem assina a direção é Mia-Hansen Løve, irmã de Løve. Para o teórico Will Straw, as cenas musicais têm a capacidade de “desembaraçar fenômenos dos mais fixos” e, no caso cenário musical parisiense dos anos 90, as canções foram capazes de ir dos clubes mais alternativos (e sujos) às festinhas universitárias da classe média.

Anúncios

Os cinco melhores álbuns (internacionais) de 2013

Ano produtivo na música, trabalho árduo para o Cultura no Prato. A missão de selecionar os cinco discos mais legais de 2013 – não necessariamente os mais legais, se é que vocês me entendem – foi das mais difíceis, enfim, obviamente deixamos belos álbuns de fora. Sorry.

Já fazendo o mea culpa, fui obrigado a pensar e pensar, ouvir as canções, ler resenhas nas principais revistas e jornais para montar a listinha. Uma tortura. O fato é que deixar discos como Settle (Disclosure), Silence Yourself (Savages), Push the Sky Away (Nick Cave & The Bad Seeds) e Modern Vampires of the City (Vampire Weekend) não deve ser considerado um crime, pois estes discos estão sim entre os melhores do ano – seja qual for a lista.

Vamos ao que interessa, os cinco melhores discos deste ano, na opinião deste blog que acompanhou e abordou o lançamento de cada um destes grandes trabalhos.

Arctic Monkeys – “AM”

Com AM, o Arctic Monkeys formou uma trilogia bem interessante em sua discografia, ao lado de Humbug (2009) e Suck It And See It (2011). Segundo a NME, eles ainda têm muito para contribuir com a música. Concordo.

Daft Punk – “Random Access Memories”

Após dezenas de teasers do hit “Get Lucky”, o Daft Punk retornou ao cenário musical com um ótimo disco, que ainda conta com a participação do Stroke Julian Casablancas. O som retrô da dupla francesa é inconfundível.

David Bowie – “The Next Day”

Este belíssimo disco marca o retorno do gênio David Bowie. Sem mais.

Haim – “Days Are Gone”

Desde que lançou o ótimo Forever EP (um EP, claro), o trio formado pelas irmãs Este, Alana e Danielle Haim só cresceu musicalmente. Algumas faixas de Forever foram tão bem recebidas pela crítica que até entraram no Days Are Gone. O som é indie-pop-80’s. Coisa linda do início ao fim.

Lorde – “Pure Heroine”

Nascida Ella Yelich-O’Connor, a cantora e compositora neozelandesa Lorde é uma espécie de furacão contemporâneo. A sonoridade dela parece estar entre a Lana Del Rey e o XX. Esqueça o hype, ela é boa mesmo.

Aguardem, na próxima semana teremos a listinha dos “cinco melhores álbuns lançados no Brasil”.

Resumo musical

Canção do Haim ganha remix de Giorgio Moroder

As meninas do Haim estão “bem na foto” neste ano. O álbum de estreia do trio de irmãs – cujo baterista homem completa o time –, o ótimo “Days Are Gone”, recebeu elogios da crítica e tem figurado em praticamente todas as listas de melhores do ano até o momento – de Q Magazine a Rolling Stone. Nesta semana as moças foram contempladas por um remix bem especial, assinado pelo produtor, compositor e um dos pilares da disco music, o italiano Giorgio Moroder. A versão ficou incrível, confira a seguir.

 

MIA divulga faixa bônus do álbum “Matangi”

O quarto álbum da cantora MIA, Matangi, foi lançado em novembro, após um considerável atraso – chegou a ser “anunciado” em 2012, sério. Ainda bem fresco no mercado, o disco teve uma espécie de faixa bônus divulgada pela artista nesta semana. A faixa se chama “Trouble Again”, e mescla batidas eletrônicas, rap e viradas sonoras marcantes. Uma prova do bom retorno da MIA ao cenário musical.

 

Sai o clipe de “Instant Crush”: o clipe do Daft Punk e do Julian Casablancas

Por meio de uma TV francesa, foi divulgado nesta semana o teaser do vídeo de “Instant Crush”, faixa que compõe o ótimo Random Access Memories, álbum lançado pelo Daft Punk neste ano e que está em praticamente TODAS as listas de melhores de 2013. O (incrível) vídeo saiu hoje, na íntegra. A faixa conta com a participação especial do ‘stroke’ Julian Casablancas, sim, o mesmo que vem ao Brasil para se apresentar no Lolla 2014. Desnecessário dizer que a canção é demais, né?

 

O Killers e as canções natalinas

O Killers reforça mais uma vez sua posição no grupo de artistas que possui canções natalinas no currículo – a banda já fez isso outras vezes. Nesta semana, o grupo liderada pelo Brandon Flowers soltou o clipe da faixa “Christmas in LA”, que em determinado momento faz menção ao hit “Carmelita”, do cantor norte-americano Warren Zevon. “This year, the song’s about a struggling actor in LA who misses the traditional Christmas,” disse Flowers ao Metro internacional. É o Killers no clima natalino.

 

Lorde lança vídeo novo

Após ouvir o álbum de estreia da Lorde – a cantora de 17 aninhos –, uns três dias seguidos, durante o caminho ao trabalho, cheguei à conclusão de que se trata de um grande disco. Em especial a faixa “Team”, que coincidentemente ganhou um belo clipe nesta semana. Há poucos dias a Lorde apresentou a mesma “Team” durante um show na Austrália, que repercutiu bem nas redes sociais. Ela vem ao Lollapalooza Brasil e, claro, o Cultura no Prato estará lá. A mocinha é competente mesmo.

Resumo musical

Otto divulga clipe de “O Que Dirá o Mundo”

O competente Otto lançou na última semana o vídeo da faixa “O Que Dirá o Mundo”, canção que integra o ótimo The Moon 1111 – lançado em 2012 e bastante elogiado neste blog. Gravado na Zona da Mata, em Minas Gerais, o clipe traz imagens do músico no campo, num clima “curta-metragem” cheio de belas imagens que engrandecem a bela letra da canção. A direção é de Camila Botelho.

 

Pearl Jam volta ao videoclipe

Em tempos de crise na MTV e ascensão do Youtube, eis que o Pearl Jam volta a apostar em clipes. Acredite, depois do vídeo da canção “Jeremy”, lançado em 1993, a banda jamais voltou a gravar vídeos. Tudo bem, em 1998 o Pearl Jam divulgou “Do the Evolution”, mas esse não vale porque é uma animação. O grupo prepara o lançamento de seu décimo álbum de estúdio, Lightning Bolt, e na última semana decretou o fim do jejum de clipes com o vídeo da (canção) punk “Mind Your Manners”. Apesar de não apresentar nenhuma inovação tecnológica, o novo videoclipe do Pearl Jam já entrou para a história da banda.

 

NIN disponibiliza disco para audição

O Nine Inch Nails, liderado pelo músico Trent Reznor, disponibilizou nesta semana seu novo álbum, Hesitation Marks, para audição na web. Segundo publicações especializadas em música – e também após uma breve análise do Cultura no Prato –, o novo trabalho resgata os bons tempos vividos pela banda nos anos 90. Os fãs já podem comprar o álbum no iTunes, já as lojas receberão Hesitation Marks a partir de 3 de setembro. A seguir você ouve “Find My Way”, que vazou na web minutos antes do disco ser disponibilizado.

 

Outro teaser do Daft Punk. Sério!

O Daft Punk se profissionalizou no quesito “fazer barulho com teasers” nos últimos meses. Após o furacão “Get Lucky”, que ganhou inúmeras versões, nesta semana o duo francês divulgou um ‘trechinho’ do clipe de “Lose Yourself to Dance”, pedrada musical dançante das boas, que integra o incrível Random Access Memories. Enquanto a gente aguarda o lançamento oficial do vídeo na íntegra, o jeito é aproveitar o mísero minutinho que o teaser proporciona.

 

Karen O na trilha de “Her”. Ah, que lindo!

Enquanto aguardamos ansiosamente a chegada do filme Her ao Brasil – o lançamento nos Estados Unidos está previsto para 18 de setembro –, já podemos ir curtindo uma das faixas que irá compor a bela trilha sonora do longa dirigido por Spike Jonze. Hoje foi divulgada (e disponibilizada para download) a canção “The Moon Song”, interpretada por Karen (yeah!) O. Lentinha e acústica, a faixa dialoga perfeitamente com o clima apaixonante de Her – ficção-romance cujo protagonista é Joaquim Phoenix. A trilha foi organizada pelo pessoal do grupo Arcade Fire e traz também Yeah Yeah Yeahs (sim, a banda da Karen O) no repertório. Lindo.

Resumo musical

Alex Turner fica bêbado e manda mensagens para garota

A banda britânica Arctic Monkeys lança em setembro seu próximo álbum, AM. O aguardado trabalho – e candidato a figurar entre os mais importantes deste ano – teve u faixa “Why’d You Only Call Me When You’re High?”divulgada há duas semanas. A canção e segundo single do disco AM ganhou um vídeo incrível no último domingo, no qual o vocalista Alex Turner aparece em um bar, ao lado dos colegas de banda, tomando umas e outras. O legal é que em meio à bebedeira o músico manda diversas mensagens a uma garota – menção óbvia ao título da canção (haha). Quem nunca?

 

Daft Punk divulga (a ótima) “Lose Yourself to Dance”

Dançante e com um refrão delicioso, o novo single divulgado pelo duo Daft Punk,Lose Yourself to Dance”, fui divulgado nesta semana com a missão de repetir o sucesso de “Get Lucky” (acho difícil). A faixa que integra o ótimo Random Access Memories é outra parceria do Daft Punk com o cantor Pharrell Williams – daí vem a comparação com o single anterior. Mesmo que não repita a boa repercussão de “Get Lucky”, a canção já está entre as melhores do ano (não está?).

 

A nova canção da Joan Jett

Ela não só está de volta como também prepara o lançamento de um disco de inéditas para alegria dos roqueiros. A eterna Joan Jett, que tem o incrível grupo feminino The Runaways no currículo, anunciou nesta semana o 14ª álbum de sua carreira, Unvarnished – que deve chegar às lojas em 1º de outubro com participações especiais, entre elas a do líder do Foo Fighters, Dave Grohl. No programa do Jimmy Kimmel desta semana, Joan tocou a canção “Any Weather”, faixa que irá integrar o novo disco. Confira aí.

 

Haim lança vídeo, enquanto os garotos choram

Bonitinhas e partindo os corações da rapaziada. As irmãs californianas do grupo Haim (cujo único integrante homem é o baterista) divulgaram nesta semana o vídeo da canção “The Wire” – uma espécie de indie-pop-oitenta delicioso. O vídeo mostra as meninas terminando como os respectivos namorados, que desesperados choram sem parar (haha). A faixa irá compor o primeiro álbum do Haim – formado pelas irmãs Este (27), Danielle (24) e Alana (21) –, Day Are Gone, que será lançado em 30 de setembro.  Aguarde, pois o Cultura no Prato vai falar muito sobre elas, uma das grandes apostas do segundo semestre de 2013.

 

NIN mostra outra faixa de seu próximo álbum

O próximo álbum do Nine Inch Nails, Hesitation Marks, chega às lojas em 3 de setembro e o senhor Trent Reznor – idealizador do NIN – divulgou nesta semana outra canção que irá integrar o disco. A faixa se chama “Copy of A” e tem uma pegada eletrônica e sombria bem interessante. Considerando as faixas que já foram divulgadas, tudo indica que  Hesitation Marks será um disco bem interessante. Estamos na torcida para que o Trent Reznor apareça aqui no Brasil em breve, em algum festival, que sabe… (não é mesmo, Lollapalooza?).

‘Get Lucky’ vira meme: do CSS ao Obama

A dupla Daft Punk, autora do fenômeno "Get Lucky”.
A dupla Daft Punk, autora do fenômeno “Get Lucky”.

O single “Get Luck”, da dupla francesa Daft Punk, de fato é um fenômeno. A canção integra o álbum Random Access Memories e já ganhou tantas versões, que neste exato momento, em algum lugar do planeta, deve haver alguém elaborando uma inédita (haha).

A febre provocada pelo hit contagiou até o presidente norte-americano Barack Obama, em um vídeo engraçadíssimo cuja edição faz os discursos do político dialogarem com os versos da música – coisa de gênio. Outra versão recente para a faixa foi gravada pela banda CSS (Cansei de Ser Sexy), durante uma session para a revista NME.

Os integrantes do Daft Punk levaram o negócio tão a sério, que no próximo dia 15 de julho chega às lojas uma versão remix do disco Random Access Memories, elaborada pela própria dupla. A primeira faixa divulgada foi “Get Luck”. Claro.

A seguir você confere o incrível vídeo editado com os pronunciamentos do Obama e o cover feito pelo CSS – banda que, inclusive, vai lançar disco novo em breve.

 

 

Resumo musical

De volta aos palcos, Arctic Monkeys mostra canção inédita

A ressaca do grupo inglês Arctic Monkeys, após o bem-sucedido Suck It and See, parece ter chegado ao fim. Nesta quarta-feira (22), durante uma apresentação no Ventura Theater, em Ventura, California, a banda voltou aos palcos e, logo de cara, mostrou a faixa inédita “Do I Wanna Know?”. O último show do Arctic Monkeys havia sido registrado em julho, na cerimônia dos Jogos Olímpicos. A canção nova dá pistas sobre a linha sonora do próximo álbum do grupo, que deve seguir o conceito “R U Mine” e “Evil Twin” – ou seja, o trabalho será mais pesado. A banda de Alex Turner está com a agenda cheia nos próximos meses e é uma das atrações principais do festival Glastonbury.

 

Momento cover: Killers toca clássico dos Strokes

O conceito cover tem marcado as últimas apresentação do Killers – fato que a gente aqui do blog Cultura no Prato não condena. Nesta semana, durante uma apresentação da banda no famoso Barclays Center, Brooklyn, o grupo do vocalista Brandon Flowers mandou um trechinho de “Is This It”, dos Strokes. A canção abre o álbum homônimo de estreia da banda de Nova Iorque, que por sua vez abriu caminho para uma porção de artistas legais, inclusive, para o Killers.  

 

Dave Grohl divide o palco com os Stones

Os Rolling Stones continuam fazendo as pedras rolarem nos Estados Unidos, com os shows que celebram os 50 anos do grupo de Mick Jagger e companhia. As apresentações têm sido marcadas por participações especiais de artistas do cenário pop internacional. Nesta semana foi a vez do ‘gente fina’ Dave Grohl. Convidado a subir ao palco, o vocalista do Foo Fighters tocou com os Stones o clássico “Bitch”, que você confere a seguir. Pode aumentar o som, vale a pena.  

 

Palma Violets e o novo hino indie britânico

Um dos destaques atuais do cenário musical do Reino Unido – ao lado da incrível Savages –, a banda Palma Violets divulgou nesta semana o vídeo da canção “Best of Friends”. A faixa integra o álbum de estreia do grupo, 180, lançado em fevereiro deste ano. O Palma Violets faz um som que mescla Stones e Libertines, ou rock dos anos 60 e coisas legais do cenário atual, para ser mais exato. Não à toa “Best of Friends” foi considerada uma das melhores canções de 2012, agora reforçada com um belo clipe.

 

Oba, uma faixa bônus do Daft Punk! E a Fórmula 1…

É, ficou difícil não falar sobre eles nos últimos dias. O duo francês Daft Punk está fazendo um tremendo barulho com o álbum Random Access Memories. Nesta semana a dupla divulgou uma faixa bônus, que integra a versão japonesa do novo disco, chamada “Horizon”. A canção é mais cadenciada, perfeita momentos mais reflexivos. Mas as novidades não param por aí, o Daft Punk ainda planeja lançar uma ‘versão remix própria’ do Random Access Memories, no próximo mês. Para finalizar o assunto Daft… – se é que é possível –, os franceses gravaram uma série de vídeos promocionais divulgados no site da Lotus F1 Team – sim, a famosa equipe britânica de Fórmula 1. Fecho este texto com um trecho da nota publicada no site da Pitchfork: “Some bands get their own shoe or clothing line. Some bands get their own skateboard decks. Daft Punk get a fucking RACECAR”. Sem mais.

 

Zooey atua e dirige novo vídeo do She & Him 

Lá vem a Zooey Deschanel com seu projeto musical fofo She & Him – ao lado do brother M. Ward. O duo lançou recentemente o ótimo álbum Volume 3 – com direito a cover incrível de “Sunday Girl”, da também incrível banda Blondie. Nesta semana a dupla divulgou o vídeo da canção “I Could’ve Been Your Girl”, primeiro single do disco. Detalhe: a Zooey dirigiu e atuou no clipe. Talento é algo para poucos, não é mesmo?