Resumo musical

Brandon Flowers vai lançar álbum solo. Ouça o primeiro single!

O líder do Killers Brandon Flowers aproveita as férias de sua banda para… continuar trabalhando. O cantor lança no dia 18 de maio o álbum The Desired Effect, e nesta semana já começou a preparar terreno para a chegada do novo trabalho: gravou um episódio no programa Tonight Show e divulgou na web a faixa “Can’t Deny My Love”, primeiro single do disco. A sonoridade da canção é “uma baladinha à moda Killers” – e não se trata de um problema necessariamente.

Alex e os brothers do Mini Mansions

Curtindo as férias de seu Artic Monkeys pós-turnê AM, cujos últimos shows foram registrados aqui em solo latino-americano no ano passado, Alex Turner participou recentemente da canção “Vertigo”, do grupo Mini Mansions, que conta com Michael Shuman, do Queens of the Stone Age na formação. A faixa integra o disco The Great Pretenders, lançado nesta semana juntamente com o clipe da boa “Vertigo” – e o Alex está lá, claro, com os brothers.

Outra do Blur. É do disco novo, tá?

O grande Blur lança em 28 de abril o álbum The Magic Whip – o primeiro desde 2003, ou seja, faz tempo. Nesta semana o grupo de Damon Albarn liberou para audição outra faixa que irá compor o novo trabalho da banda, a canção “Lonesome Street”, música que remete aos bons tempos de Parklife (eu achei!), discão lançado em 1994.

Jack e Robert

Atrações do Lollapalooza Brasil (que ocorre neste final de semana, yeah!), Robert Plant e Jack White dividiram o palco no Lolla dos nuestros hermanos argentinos, no último final de semana. Durante a apresentação do guitarrista ex-White Stripes, Plant foi convidado a acompanhar Jack em uma belíssima versão para “The Lemon Song”, canção do Led Zeppelin de… Robert Plant (haha!). Será que aqui no Brasil vai rolar parceria também?

Major Lazer anuncia próximo álbum, e tem clipe novo também!

O ótimo Major Lazer, projeto idealizado pelo DJ e produtor Diplo – na minha opinião, uma das atrações mais legais do nosso Lolla –, prepara o lançamento de seu próximo álbum, Peace Is the Mission, que assim como os trabalhos anteriores do Major também irá contar com participações especiais. O primeiro fragmento sonoro do disco, a faixa “Lean On”, tem colaboração de ninguém menos que a cantora MØ e o DJ Snake. Apenas. A canção ganhou inclusive um vídeo, divulgado nesta semana, com direito a dança (zoada) do Diplo – música que certamente irá rolar no show do Major Lazer do próximo sábado, em Sampa.

Resumo musical

As meninas do Haim e o funk-soul-brother Morris Day

O funk encontrou o indie-pop no programa do apresentador Jimmy Kimmel, na última semana. Durante a apresentação do músico Morris Day, ícone dos ritmos soul e funk, as meninas do Haim subiram ao palco para, ao lado do artista, cantarem a bela e dançante “Jungle Love”. É o programa do Kimmel conectando novamente músicos de vertentes variadas, assim como fez nas últimas semanas, quando convidou Weezer e ZZ Top.

Jack evoca o jazz em lado b de single

O gênio Jack White divulgou na última semana o lançamento da faixa “That Black Bat Licorice” no formato single. A novidade fica por conta da canção que integra o lado b, “Blue Light, Red Light (Someone’s There)” – clique aqui e confira –, do jazz man Harry Connick Jr. Jack White, que recentemente voltou a incluir canções do White Stripes em seu show, vem ao Brasil para o Lollapalooza deste ano, e pelas últimas apresentações do artista, podemos esperar um belíssimo espetáculo.

Antes de vir ao Brasil, Pharrel visita os Simpsons

Outra atração do nosso Lolla é o rapper Pharrell Williams. Na última semana o cantor fez uma aparição na sério The Simpsons – além de tocar também no Grammy –, famosa por sua antena captadora de personagens da cultura pop. Como não poderia ser diferente, Pharrell tocou o super hit “Happy”.

Paul Weller divulga faixa inédita

Ícone da música britânica, o cantor Paul Weller (ex-Jam) lança o álbum Saturns Pattern em 11 de maio (clique aqui e veja o set list). Na última semana, o músico divulgou outra faixa que irá integrar seu próximo trabalho, a cascuda “White Sky” – cujo videoclipe você confere abaixo. O novo disco de Weller terá participações bem interessantes, entre elas Josh McClorey (The Strypes) e o também ex-Jam Steve Brookes.

Haynie, Lykke Li e Romy Madley Croft (XX)

Lykke Li e Romy Madley Croft, guitarrista do XX, foram convocados a integrar o álbum do produtor e compositor Emile Haynie. O artista lança no próximo dia 24 de fevereiro o álbum We Fall, e a dupla convidada participa da ótima “Come Find Me”, divulgada nesta semana – confira o clipe da faixa a seguir. Além de Lykke Li e Madley Croft, o disco do produtor contará com outros parceiros especiais, como Brian Wilson (Beach Boys), St. Vincent, Charlotte Gainsbourg e Lana Del Rey, entre outros. Apenas.

Os cinco melhores discos internacionais de 2014 – segundo o Cultura no Prato

Chegou a hora de elencar os discos internacionais que este blog considera como sendo os mais relevantes deste ano. Vale lembrar, trata-se apenas de um fragmento selecionado em meio a uma tempestade de ótimos lançamentos. Outro detalhe importante é que o termo “internacional” possui parâmetros questionáveis, até porque a mídia gringa concentra 99% de sua atenção nos discos lançados por artistas dos cenários europeu e norte-americano, ou seja, o mais adequado seria afirmar que nossa lista está focada em produções do chamado Ocidente. Dito isto, é preciso reforçar também que para se formular uma noção mais precisa da produção internacional (ocidental), é importante levar em consideração as listas elaboradas por veículos como Rolling Stone, NME, Consequence of Sound e Mojo – entre muitos outros. O recorte (injusto, vale ressaltar) dos cinco álbuns deste post destaca apenas algumas obras que trouxeram aspectos inovadores ao cenário musical. Obviamente que nomes fundamentais como Lykke Li, Weezer, Lana Del Rey, The Black Keys, Bruce Springsteen, Damon Albarn e La Roux poderiam perfeitamente integrar a relação de artistas que selecionamos a seguir, pois todos eles lançaram ótimos discos em 2014. Vamos aos discos.

“This Is All Yours” – Alt-J

A banda inglesa formada em Leeds ampliou o horizonte sonoro que marcou seu álbum de estreia An Awesome Wave (2012). No ótimo This Is All Yours, o grupo mostra que é possível alternar bons momentos musicais entre canções acústicas, outras mais dançantes, como na bela “Left Hand Free”, e também fazer uso de elementos eletrônicos de composição, como a colagem espertíssima do sample da faixa “4×4” (Miley Cyrus) em “Hunger of the Pine” – que ficou muito legal.

“St. Vincent” – St. Vincent

Um disco conceitual e que remete a trabalhos de artistas do porte de David Bowie e Devo. Essa é a atmosfera do álbum homônimo lançado pela cantora St. Vincent neste ano, que flerta com a new wave e renova a produção pop-indie do nosso tempo. O disco, aliás, figurou em praticamente todas as listas de melhores álbuns de 2014. Merecido – preste atenção na levada dançante da ótima “Birth in Reverse” ou no delicioso arrebatamento sonoro de “Prince Johnny”.

“Sunbathing Animal” – Parquet Courts

Um garage rock capaz de revigorar o rock contemporâneo. Essa é a contribuição do ótimo Sunbathing Animal, disco lançado pelo grupo norte-americano Parquet Courts neste ano. A banda, aliás, oferece a possibilidade de inserirmos outro belo disco lançado pelo grupo neste ano, chamado Content Nausea, no qual a banda assina sob o nome  Parkay Quarts. Mas optamos por incluir na lista o Sunbathing Animal – destaque para o rockão “Black and White”.

“Lazaretto” – Jack White

Desnecessário enumerar a quantidade de trabalhos criativos do guitarrista Jack White em seus muitos projetos musicais. O músico que explorou diversas maneiras de se tocar guitarra mostra no álbum Lazaretto que sua fonte criativa nunca esteve tão abundante de possibilidades sonoras. Do som funkeado da faixa-título ao folk de “Temporary Ground”, o disco mostra que Jack White é um dos grandes compositores do cenário atual.

“Indie Cindy” – Pixies

O quinto álbum de estúdio do Pixies, Indie Cindy, é fruto da união de diversos EPs lançados pelo grupo ao longo do último ano. Mesmo com a ausência da baixista Kim Deal, o grupo mostrou que os bons momentos vividos pela banda no início da década de 1990 não ficaram engessados no passado, e as belezas indie-roqueiras são facilmente identificadas em Indie Cindy: “Greens and Blues”, “Bagboy” e “Magdalena” são bons exemplos. Belo disco.

Resumo musical

Sky Ferreira toca canção do Hole

A cantora Sky Ferreira se apresentou na última semana no Belasco Theater, em Los Angeles. O show foi marcado por algumas canções inéditas e também pela participação do namorado da moça, Zachary Cole Smith (DIIV), durante a cover de “Asking for It” (vídeo abaixo), da banda Hole. Em entrevista recente à revista Billboard, Sky Ferreira disse que está trabalhando com Bobby Gillespie (Primal Scream), e um timaço de produtores, na elaboração de um novo material. Vamos aguardar.

Jack White presta homenagem à tecladista Isaiah Ikey Owens

Atualmente em turnê do ótimo Lazaretto, que em 2015 irá passar pelo Lollapalooza Brasil, Jack White se apresentou na última semana em Londres. Na ocasião, ao final do show que encerrava sua passagem por solo londrino, Jack prestou homenagem ao tecladista Isaiah “Ikey” Owens, integrante de sua banda, que faleceu tragicamente em outubro após sofrer um ataque cardíaco durante a ida do grupo ao México. Owens também chegou a tocar com o grupo The Mars Volta.

Outra inédita do Smashing Pumpkings

Billy Corgan está empenhado no retorno do Smashing Pumpkins. O grupo lança o álbum Monuments To An Elegy em 9 de dezembro e na última semana Corgan divulgou outra faixa que irá integrar o novo trabalho, a canção “Tiberius”. Assim como escrevi sobre “Being Beige”, divulgada há duas semanas e outra que deve constar no disco de inéditas, achei “Tiberius” bem interessante, ela relembra inclusive bons momentos dos Pumpkins. Por falar em Billy Corgan, recentemente ele dividiu o palco com Peter Hook, durante a cover de “Love Will Tear Us Apart” (Joy Division) – confira no site da NME. Seria ótimo se ela entrasse no setlist do show do nosso Lolla (hehe).

Alison Mosshart na trilha de The Walking Dead

No episódio “Consumed”, da (incrível) série The Walking Dead – que vai ao ar aos domingos pela AMC norte-americana e para nós, via FOX, às terças-feiras –, a canção “Bad Blood” integrou a trilha sonora. A faixa é uma parceria da cantora Alison Mosshart (Kills, The Dead Weather) com o músico Eric Arjes, e vazou na íntegra no YouTube na última semana. Lindona.

O retorno do Ride. Queremos o Ride no Brasil, já!

O Ride é uma banda alternativa inglesa que você precisa ouvir. Ponto. Os caras estão paradas há um tempão e na última semana oficializaram o retorno da banda para uma apresentação especialíssima no Primavera Sound – e em outros eventos musicais europeus. Aproveito para pedir humildemente que alguém traga essa banda para o Brasil no próximo ano. A seguir a ótima (de nome, letra e melodia) “Twisterella”.

Resumo musical

“Tudo está ficará bem”, diz a banda Weezer

Em tempos de imprensa sensacionalista, a gente usa aspas fora do contexto aqui no blog também, mas abordando o lado positivo, coisas boas, claro – não somos a Veja. O competente Weezer lançou o álbum Everything Will Be Alright in the End no último dia 7 de outubro, trabalho que recolocou o grupo no cenário musical. Um bom disco, vale ressaltar. Nesta semana, a banda subiu ao palco do programa do apresentador Jimmy Kimmel, para divulgar o álbum, onde tocou a bela “Ain’t Got Nobody”. Grande retorno do Weezer.

Jack White visita programa “The Ellen DeGeneres Show”

Outro artista que andou fazendo aparições na TV foi o Jack White. Na última semana, o músico visitou o programa The Ellen DeGeneres Show, no qual tocou as faixas “Alone In My Home” (clique aqui e confira) e “Would You Fight For My Love”. Durante a entrevista, Jack falou sobre a situação atual de sua carreira, que vai muito bem com o recém-lançado álbum Lazaretto – para assistir à conversa, clique aqui.

Haim e Stevie Nicks tocam Fleetwood Mac

As meninas da banda Haim e a vocalista do Fleetwood Mac, hoje artista solo, Stevie Nicks, participaram de uma entrevista na casa de Nicks, em Los Angeles, nesta semana. O bate-papo foi conduzido pela revista T Magazine, do importante The New York Times, e na conversa Nicks falou sobre como administrar essa complicada relação vida-fama, dicas que certamente foram valiosas para as Haim. Ao final, para ficar mais bonito, Nicks e as meninas fizeram uma bela versão para “Rhiannon”, faixa do Fleetwood Mac.

Screaming Females divulga single, e você precisa conhecer essa banda

Conforme o aviso no título que você acaba de ler, caso não conheça o Screaming Females, trate de conhecê-lo já – aproveite as facilidades da web, porque antes, a galera não tinha tanta moleza assim. O grupo começa turnê nova em novembro, e aproveitando o giro, a banda lançou nesta semana o single Wishing Well. A canção já vinha sido tocada em alguns shows do grupo e, por conta dos constantes pedidos dos fãs, o Screaming Females decidiu lançá-la oficialmente. À primeira audição, a faixa parece destoar da sonoridade tradicional da banda, que navega na atmosfera garage-punk, no entanto, é impossível não dançar ao som da pegada de “Wishing Well”, e seu  indie-pop delicioso. Lindíssima.

Johnny Marr participa de ‘session’ na BBC

Antes de falar sobre o momento mágico da carreira do Johnny Marr, faço aqui uma menção triste ao comunicado que o gênio Morrissey fez nesta semana, sobre sua luta contra um câncer. Estamos torcendo por você, Moz. Voltando ao Marr, o músico, cuja foto estampa a capa da edição mais recente do semanário britânico New Musical Express, visitou a rádio BBC 6 Music para divulgar o seu próximo álbum, Playland (lançado nesta semana). Na passagem pela rádio, Marr tocou a faixa “Easy Money”, que integra o seu novo disco. Desnecessário dizer que a música é boa e os riffs de guitarra são incríveis, né?

Resumo musical

Spike Jonze presenteia Karen O com vídeo. É muito amor!

Na semana de lançamento do álbum Crush Songs, disco lindo recheado de canções intimistas violão-voz da Karen O, o diretor Spike Jonze (do filme Her, s2!!) divulgou uma espécie de vídeo surpresa da canção “Ooo” – faixa que integra o novo trabalho da vocalista do Yeah Yeah Yeahs. O clipe traz performance sensível da atriz Elle Fanning, que dialoga com a temática proposta por Karen em Crush Songs. Sem contar que a homenagem em si, feita por Jonze à amiga (que inclusive participa da trilha de Her), já mereceria menção neste blog.

Jack White e o vídeo incrível da também incrível “Would You Fight For My Love?”

O guitarrista Jack White divulgou na última sexta-feira (12) o vídeo da faixa “Would You Fight For My Love?”, canção que faz parte do álbum Lazaretto. A direção do vídeo é assinada por Robert Hales e exibe Jack com seu novo visual de corte de cabelo rockabilly em meio às imagens em tom azul – cor adotada pelo artista em sua fase solo. Lembro que na última semana eu conversava com um amigo sobre a habilidade de Jack com a guitarra, sem dúvida um dos grandes guitarristas de nosso tempo. A faixa “Would You Fight For My Love?” embasa essa tese.

Adriano Cintra e o pop dançante que a gente curte!

O competente Adriano Cintra volta ao cenário alternativo nacional com seu primeiro álbum solo, chamado Animal. O disco foi composto em inglês e ganhou versões de músicos brasileiros, como a genial Gaby Amarantos, que abrasileirou a canção “Duda”, primeiro single do disco. Nesta semana Adriano Cintra divulgou o vídeo da faixa-título do novo trabalho, escrita em parceria com Marcelo Segreto (Filarmônica de Pasárgada). O clipe traz uma ideia bem pop art, com colagens de imagens variadas que respiram também aspectos da cultura remix atual. Já a sonoridade é um delicioso pop-dançante, tão criativo quanto os trabalhos anteriores de Adriano nos tempos de Cansei de Ser Sexy, Butchers’ Orchestra e Madrid.

The Cure toca Beatles!

O disco The Art of McCartney é um tributo dedicado a Paul McCartney que irá reunir nomes como Bob Dylan, KISS, Perry Farrell, Smokey Robinson, Chrissie Hynde e Bjorn, entre outras feras. Na última semana, o eterno Robert Smith e seu The Cure gravaram um vídeo, via o britânico Guardian, que exibe uma linda versão para “Hello Goodbye” (Beatles), releitura que também irá integrar o álbum The Art of McCartney. O mesmo The Cure prometeu canções novas para 2014, quem sabe vem disco novo por aí… Se vier com turnê mundial, melhor ainda (hehe).

La Roux lança vídeo da faixa “Kiss and Not Tell”

A incrível La Roux divulgou recentemente seu segundo álbum, Trouble in Paradise, trabalho que foi muito elogiado pela crítica – inclusive aqui no blog. Na última semana, a cantora pop-indie-eletrônico lançou o vídeo da faixa “Kiss and Not Tell”, cujas imagens de temática retrô brincam com os comerciais sensuais dos hoje pré-históricos disk sexo.

Resumo musical

Ryan Adams está de volta

Após produzir trabalhos de outros artistas, tocar em um projeto de heavy metal (sério!), entre outras andanças por aí, o músico Ryan Adams vai lançar disco novo. O novo trabalho se chama Ryan Adams e será o décimo quarto trabalho do artista. Na última semana, durante um show em Portland, Adams tocou a inédita “Stay With Me”, que irá integrar o novo trabalho.

 

O Jack White toca Jay Z

A turnê atual do criativo Jack White, que divulga o último álbum do músico, Lazaretto, tem dado o que falar. Além de mostrar o belo repertório do disco, Jack tem inserido no set list canções dos tempos de White Stripes, como o hino “Seven Nation Army” e também algumas versões inusitadas, como “Royals”, da cantora Lorde. Mas, das últimas surpresas, destaco a releitura do hit do rapper Jay Z, “99 Problems”, que após um solo matador guitarra emenda “Icky Thump”, do White Stripes. Genial.

 

Cajsa Siik, anote esse nome!

A Suécia é terra fértil em revelar bons artistas. Musicalmente sou suspeito, amo artistas como Hellacopters e Hives. Na última semana o site da ótima revista Clash destacou a cantora sueca Cajsa Siik, uma grata surpresa indie-pop. Segundo o texto publicado, Siik seria uma boa mescla de Kate Bush e Bat For Lashes – o que de fato faz sentido. No dia 1º de setembro, a artista lança o single “Relentless Delight”, que está disponível para audição na plataforma Soundcloud.

 

 

Vedder e o dueto (lindo) com a Chan…

Em sua atual turnê solo, o líder do Pearl Jam Eddie Vedder tem feito shows intimistas e com belas versões para clássicos comoThe Needle and the Damage Done” (Neil Young) e “Imagine” (canção que ficou famosa na voz de John Lennon). Entretanto, mais legal que as covers foi a aparição da incrível Cat Power (Chan Marshall), na última semana, durante um show do roqueiro no Super Bock Super Rock, em Portugal. Dividindo os vocais e uma garrafa de vinho, Vedder tocou com Chan (e pra ficar mais cool ela usava uma camiseta do Wu-Tang Clan!) a faixa “Tonight You Belong to Me”, do álbum solo do músico, Ukulele Songs. Ao chamar Cat Power, Vedder disse assim: “one of my favorite singers of all time, without a doubt”. Sem mais.

 

Bastille divulga novo vídeo

Com direito a participação especial da atriz Sophie Turner, a personagem Sansa Stark da bombada série Game Of Thrones, a banda britânica Bastille lançou o vídeo da faixa “Oblivion”. A canção faz parte do elogiado Bad Blood, disco de estreia do grupo, e que ao renovar o indie rock atual, fez a banda ganhar respeito no cenário musical. Permita-me fazer uma singela observação: a gente lê por aí que o Bastille é uma banda de synthpop, mas particularmente prefiro classificá-lo na praia indie (e às vezes pop, hehe).