Resumo musical

Foo Fighters divulga primeiro single do disco “Sonic Highways”

Com o lançamento do single “Something From Nothing”, o Foo Fighters, do brother Dave Grohl, abre caminho para a chegada de seu próximo trabalho: o álbum Sonic Highways – com lançamento previsto para 10 de novembro. A faixa começa, tipo assim, “água com açúcar” (achei), mas depois ganha uma pegada mais rock (sabe?), capaz de provocar (sim!) boa impressão sobre o novo trabalho do grupo. O fato é que vamos falar muito sobre o Foo Fighters nas próximas semanas, a banda, inclusive, deve ganhar destaque na mídia especializada em música por conta de Sonic Highways. Já que toquei no assunto, o grupo visitou o programa do Letterman nesta semana e, ao lado do grande Rick Nielsen, tocou “Stiff Competition” (clique aqui e confira). Abaixo você ouve “Something From Nothing”.

E tem faixa nova do Noel Gallgher também

Noel Gallagher é o cara que saiu do importante Oasis e pouco tempo depois lançou o também importante álbum Noel Gallagher’s High Flying Birds. Todos conhecem o Noel artista solo, músico dos bons. A boa repercussão do disco de estreia aguça os ouvidos do público para o próximo trabalho do britânico: Chasing Yesterday, cujo lançamento ocorre em 2 de março. Se o primeiro single, “In The Heat Of The Moment”, divulgado nesta semana, servir de base para análise do restante do álbum, estaremos diante de outro belo trabalho deste grande artista.

Até onde o pós-punk de Thurston Moore puder nos levar

Claro que todos os fãs do Sonic Youth ficam tristes com a atual (e deus queira momentânea) separação do grupo. Mas, se há uma coisa que pode ser considerada luxuoso consolo é o lançamento do álbum solo do Thurston Moore, The Best Day (clique aqui e ouça). À primeira audição, logo se nota a aura da ex-banda de Moore, acrescida de empreitadas sonoras que remetem ao futuro musical almejado pelo músico – até onde o pós-punk do guitarrista for capaz de levá-lo. Mesmo que Moore esteja chateado com a cobertura que parte da mídia fez sobre sua separação de Kim Gordon – conforme o próprio músico afirmou à NME –, ele segue inabalável.

Lorde versão South Park

A série South Park introduziu (supostamente) a cantora Lorde em um dos episódios do programa, exibido nesta semana. Em determinado momento, a artista (ficcional) aparece cantando a faixa “Push (Feeling Good on a Wednesday)”. Tudo normal. Mas, o que era para ser apenas uma paródia acabou ganhando uma versão “extended”, publicada no Youtube. Desnecessário dizer que ficou boa (e eu não gosto de paródias).

Após receber críticas por álbum gratuito, U2 vai a programa da BBC

Todos sabem que o U2 deu um tiro no próprio pé ao distribuir gratuitamente, via iTunes, o irregular álbum Songs of Innocence. As críticas foram da qualidade do disco à pieguice de distribuir uma obra gratuita – sem contar que outros artistas, como Iggy Pop e Patrick Carney, do Black Keys, também alfinetaram a estratégia. Sem chorar as pitangas do escorregão, o U2 foi à musical BBC Radio 2 para um bate-papo e, obviamente, tocar algumas faixas do último trabalho. Se o que interessa para nós é música, a seguir você confere “The Miracle Of Joy Ramone” (que faz menção a um ilustre roqueiro) “Every Breaking Wave” e “Cedarwood Road”.

Anúncios

Resumo musical

Disclosure e Mary J. Blige, no Kimmel

O duo Disclosure foi ao programa do apresentador Jimmy Kimmel, nesta semana, e recebeu no palco uma convidada especial: a cantora o Mary J. Blige. Juntos, tocaram uma versão para a faixa “F For You” (a mesma parceria que marca a versão remix da música), que integra o ótimo Settle, trabalho de estreia da dupla. Mary J. Blige anunciou recentemente o lançamento do álbum The London Sessions, o disco contará com as colaborações de Sam Smith, Emeli Sandé e, claro, Disclosure – entre outros convidados.

Adriano Cintra lança disco “Animal”

O músico e produtor Adriano Cintra lançou nesta semana seu álbum solo, Animal, após produzir uma série de artistas do cenário atual e integrar projetos musicais importantes, como CSS e Madrid. Em Animal, Adriano apresenta ao público um belo repertório pop-dançante com boas doses de indie rock – clique aqui e ouça. Nos últimos dias, outro single do álbum foi divulgado: a faixa “A Sedução De Um Desejo”, composta em parceria com Odair José, e cuja a versão ao vivo você confere no vídeo abaixo.

O Weezer e a Bethany Cosentino

Semana de muito trabalho para o Weezer. O grupo norte-americano divulgou nesta semana novas faixas que irão compor o próximo álbum, Everything Will Be. Via a incrível Pitchfork, o Weezer disponibilizou para audição “Back to the Shack”, “Cleopatra”, “The British Are Coming”, “Lonely” e a bela “Go Away”, parceria interessante com a vocalista da banda Best Coast, Bethany Cosentino – aliás, acho que o som das bandas tem muito muita coisa em comum. O teaser de “Go Away” você confere no vídeo abaixo.

Vespas Mandarinas lança clipe ao vivo de “Não Sei o que Fazer Comigo”

A banda paulistana Vespas Mandarinas segue divulgando seu último trabalho, o disco Animal Nacional. Recentemente, o grupo passou pelo aconchegante Centro Cultural São Paulo, onde gravou um registro videoclíptico ao vivo da faixa “Não Sei o que Fazer Comigo” – para quem não sabe, a canção é uma versão para “No Sé Que Hacer Conmigo”, dos uruguayos do Quarteto de Nós. O Vespas volta ao Centro Cultural São Paulo, no dia 11 de outubro, às 19h. Anote já.

Lorde na trilha sonora do próximo “Jogos Vorazes”

Você pode até não comemorar muito a chegada do filme Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 às salas de cinema brasileiras, no próximo dia 20 de novembro. Eu entendo. Mas pense bem, a trilha sonora do filme terá uma inédita da Lorde, a canção “Yellow Flicker Beat”, divulgada nesta semana. Dizem por aí, que a Lorde, em parceria com produtores importantes, é responsável por toda a trilha – cantando, inclusive, outras faixas além dessa. Vamos acompanhar.

Resumo musical

Clash lives! Paul e Mick encontram Frank Ocean e Diplo

O projeto “Three Artists, One Song”, organizado pela marca Converse, conseguiu reunir Frank Ocean, Diplo e os ex-Clash Mick Jones e Paul Simonon. Este time dos sonhos, uma conexão entre passado e futuro, uma espécie de coletivo eletrônico-rap-punk, elaborou a canção “Hero”. O instrumental da faixa lembra um pouco “Straight to Hell”, do Clash, mas ganha mais aspectos dub com as participações de Diplo e Frank. Ficou bem legal. Ah, os caras também deram uma entrevista bacana durante o lançamento do evento patrocinado pela marca de calçados (clique aqui e confira). The Clash lives!

 

Inédita do Johnny Cash ganha vídeo

A lenda Johnny Cash teve algumas canções inéditas divulgadas no último mês. O material, grande parte gravado nos anos 1980, deve ser lançando na compilação Out Among the Stars, em 25 de março. Uma delas, a lindíssima “She Used To Love Me A Lot” (nome de canção poderosa), ganhou um vídeo nesta semana, assinado pelo australiano John Hillcoat. Repare que, ao adicionar no vídeo imagens que remetem a críticas sociais direcionadas à crise financeira da “pátria América”, o diretor brilhantemente deu outra interpretação para a letra. Essa “She” em questão deixou de ser uma garota. Gênio.

 

Iggy Pop e New Order tocam Joy Division. Sério!

A música e suas jams mágicas que vez ou outra entram para a história. Nesta semana eis que Iggy Pop e New Order, divindades do rock, subiram no mesmo palco, durante o Tibet House Benefit Concert, e juntos tocarem os clássicos  Joy Division “Love Will Tear Us Apart” e “Transmission”, além de “Californian Grass” – do próprio New Order. Estou aqui torcendo para o New Order resolver trazer o veterano Iggy Pop ao Lolla São Paulo, em algum cantinho em meio à bagagem da turnê.

 

Julian divulga nova faixa

O roqueiro Julian Casablancas, ex-Strokes, vai lançar seu próximo álbum neste ano, provavelmente em uma data bem próxima ao evento Lollapalooza São Paulo. A gente postou aqui no Cultura no Prato, há poucos dias, um teaser com trechos das possíveis faixas que irão integrar o novo trabalho do músico, e nesta semana o cantor decidiu “quebrar o mistério” e divulgar uma delas, chamada “Ego”, durante uma apresentação em Pensacola, Florida. Achei (só achei, ok?) que a faixa lembra muito o som feito pelo Strokes, o que não é algo ruim, mas pelo material publicado no teaser, a sonoridade tende a apresentar surpresas. Vamos aguardar.

 

Chvrches toca Lorde, e faz bonito

O Live Lounge, da BBC Radio, é um dos programas mais legais de música hoje. Fato. Na última semana, foi a vez do ótimo Chvrches visitar os estúdios da emissora britânica. Hum… Se você não conhece a temática do programa, vamos lá, eu explico: todos os artistas que visitam o Live Lounge precisam tocar uma canção de outro músico (ou banda), e o trio escocês mandou bem ao escolher a belíssima “Team” – sim, uma das faixas do disco de estreia da cantora Lorde, que vem ao Lollapalooza neste ano. Achei que ficou melhor que a original. Me julguem!

Resumo musical

Arctic Monkeys celebram os Beatles

Ah, como é bom celebrar os Beatles, não é mesmo? Durante um show no Madison Square Garden, no ultimo final de semana, o incrível Arctic Monkeys prestou homenagem ao 50º aniversário da primeira aparição dos fab four nos Estados Unidos. A canção escolhida foi “All My Loving” e ficou à altura da grandeza do lendário grupo britânico. Valeu, Alex.

 

Lorde versão Kingston

A cantora Lorde, que vem ao nosso Lollapalooza neste ano, ganhou fama após o vídeo da canção “Royals” bombar na web. Nesta semana, o hit que lançou a moça ganhou uma versão dub – ritmo enfumaçado que ecoa da Jamaica de Lee Perry –, elaborada pelo produtor Busy Signal. Como um bom fã de dub, achei demais. E você?

 

Karen no Oscar. E em outros “projetinhos” aí…

A trilha sonora do filme Her, do Spike Jonze, trabalho no qual o personagem vivido por Joaquim Phoenix se apaixona pela voz de uma secretária eletrônica – cuja dona é a Scarlett Johansson – foi indicada ao Oscar deste ano. A faixa “The Moon Song” concorre ao prêmio de Melhor Canção Original, e, detalhe, quem canta é a incrível Karen O. A gente já andou comentando por aqui. A novidade é que nesta semana foi divulgada uma nova versão da música, com participação de Ezra Koenig, do Vampire Weekend (show!). Ainda sobre a vocalista do Yeah Yeah Yeahs, ela está entre os convidados que participam do novo álbum do Walter Martin – na  faixa “Sing to Me” ao lado do coleta de  banda Nick Zinner e do Matt Berninger (National). Uma verdadeira overdose de Karen (hehe).

 

Julian divulga faixa inédita

O filme indie She’s Lost Control – seria uma menção ao Joy Division? – será lançado oficialmente em março, durante o festival SXSW, em Austin. A primeira canção da trilha sonora confirmada é “Human Sadness”, do stroke Julian Casablancas. O Cultura no Prato gosta do Julian, mas convenhamos, ele já gravou canções melhores. Sério. O músico é uma das atrações do Lollapalooza 2014 e essa “Human Sadness”, bem como outras inéditas, deve integrar o repertório.

 

Veja o teaser do domumentário “Dominguinhos+”, que estreia neste mês

O teaser oficial do webdocumentário Dominguinhos+ foi divulgado nesta quinta-feira (13). A estreia está prevista para 26 de fevereiro. Serão oito episódios que irão narrar a carreira do músico pernambucano, além de mostrar as últimas imagens do lendário artista em estúdio. Fique atendo às participações especiais de Gilberto Gil e Elba Ramalho, entre outros nomes.

Resumo musical

Siba tem projeto novo para 2014!

O gênio Siba anunciou nesta semana seu próximo projeto, uma série de shows ao lado dos mestres João Limoeiro e João Paulo, sob o nome Azougue Vapor. O trio contará também com as participações de Caçapa (guitarra), Leandro Gervázio (tuba), Mestre Nico (percussão) e Antônio Loureiro (bateria). O primeiro show ocorre em Brasília, durante o carnaval. As canções terão influência do último trabalho do artista, o ótimo Avante, e também referências do projeto Fuloresta, no qual Siba tocou com músicos da Zona da Mata Norte. O projeto deve passar por São Paulo em breve. A seguir você confere o vídeo da faixa “Preparando o Salto”, que integra o último álbum do cantor. Será que Azougue Vapor vai virar um álbum? Vamos acompanhar.

 

Lana Del Rey divulga canção nova

A Lana aos poucos volta a ser destaque no cenário musical. A moça até anunciou o nome do seu próximo álbum, Ultraviolence, que segue sem data de lançamento, é verdade, mas que certamente sai  em 2014. Nesta semana a cantora divulgou o vídeo da faixa “Once Upon a Dream”, adaptação do lendário grupo de balé The Sleeping Beauty. A canção será trilha sonora do filme Maleficent, com a bela Angelina Jolie no elenco, e que chega aos cinemas em 30 de maio.

 

Que beleza, Chvrches faz cover de Bauhaus

Filmes sobre vampiros estão um pouco com a receita repetitiva nos últimos anos. O próximo a sair é Vampire Academy, uma adaptação do romance homônimo, de Richelle Mead – não disse, a receita é sempre a mesma, hehe. Mas, para dar uma animada, a trilha sonora reúne vários artistas, entre eles Sky Ferreira, Au Revoir Simone, Goldfrapp, Bear in Heaven e Katy Perry. Dos nomes que integram a trilha, faço questão de mencionar em especial o ótimo trio Chvches, que faz uma versão lindíssima para “Bela Lugosi’s Dead”, clássico dark do lendário Bauhaus. Coisa fina.

 

E a Lorde do James Blake

A cantora Lorde, atração do nosso Lollapalooza, retornou ao seu pais de origem nesta semana para alguns shows, após triunfar no Grammy poucos dias atrás. Durante uma das apresentações, a moça mandou uma versão para “Retrograde”, do cantor James Blake. Repare no delírio do público no momento em que ela anunciou a canção. No mesmo show, Lorde mandou também “Easy”, do cult Son Lux.

 

Já a Kate B prefere fazer Arctic Monkeys

Mais um capítulo do programa Live Lounge, da BBC Radio One, foi ao ar nesta semana. A convidada da vez, a cantora Katy B, precisou passar pelo tradicional desafio de tocar covers inusitadas – e entre elas rolou até “Story of My Life”, do One Direction. O Cultura no Prato faz questão de destacar a faixa “One for the Road”, do genial Arctic Monkeys, que ficou bem boa na voz da moça. E por falar neles, você deve estar se perguntando por onde anda o grupo liderado pelo Alex Turner. Eles visitaram o Letterman, recentemente, e mandaram bem, só para variar um pouco.

Os cinco melhores álbuns (internacionais) de 2013

Ano produtivo na música, trabalho árduo para o Cultura no Prato. A missão de selecionar os cinco discos mais legais de 2013 – não necessariamente os mais legais, se é que vocês me entendem – foi das mais difíceis, enfim, obviamente deixamos belos álbuns de fora. Sorry.

Já fazendo o mea culpa, fui obrigado a pensar e pensar, ouvir as canções, ler resenhas nas principais revistas e jornais para montar a listinha. Uma tortura. O fato é que deixar discos como Settle (Disclosure), Silence Yourself (Savages), Push the Sky Away (Nick Cave & The Bad Seeds) e Modern Vampires of the City (Vampire Weekend) não deve ser considerado um crime, pois estes discos estão sim entre os melhores do ano – seja qual for a lista.

Vamos ao que interessa, os cinco melhores discos deste ano, na opinião deste blog que acompanhou e abordou o lançamento de cada um destes grandes trabalhos.

Arctic Monkeys – “AM”

Com AM, o Arctic Monkeys formou uma trilogia bem interessante em sua discografia, ao lado de Humbug (2009) e Suck It And See It (2011). Segundo a NME, eles ainda têm muito para contribuir com a música. Concordo.

Daft Punk – “Random Access Memories”

Após dezenas de teasers do hit “Get Lucky”, o Daft Punk retornou ao cenário musical com um ótimo disco, que ainda conta com a participação do Stroke Julian Casablancas. O som retrô da dupla francesa é inconfundível.

David Bowie – “The Next Day”

Este belíssimo disco marca o retorno do gênio David Bowie. Sem mais.

Haim – “Days Are Gone”

Desde que lançou o ótimo Forever EP (um EP, claro), o trio formado pelas irmãs Este, Alana e Danielle Haim só cresceu musicalmente. Algumas faixas de Forever foram tão bem recebidas pela crítica que até entraram no Days Are Gone. O som é indie-pop-80’s. Coisa linda do início ao fim.

Lorde – “Pure Heroine”

Nascida Ella Yelich-O’Connor, a cantora e compositora neozelandesa Lorde é uma espécie de furacão contemporâneo. A sonoridade dela parece estar entre a Lana Del Rey e o XX. Esqueça o hype, ela é boa mesmo.

Aguardem, na próxima semana teremos a listinha dos “cinco melhores álbuns lançados no Brasil”.

Resumo musical

Canção do Haim ganha remix de Giorgio Moroder

As meninas do Haim estão “bem na foto” neste ano. O álbum de estreia do trio de irmãs – cujo baterista homem completa o time –, o ótimo “Days Are Gone”, recebeu elogios da crítica e tem figurado em praticamente todas as listas de melhores do ano até o momento – de Q Magazine a Rolling Stone. Nesta semana as moças foram contempladas por um remix bem especial, assinado pelo produtor, compositor e um dos pilares da disco music, o italiano Giorgio Moroder. A versão ficou incrível, confira a seguir.

 

MIA divulga faixa bônus do álbum “Matangi”

O quarto álbum da cantora MIA, Matangi, foi lançado em novembro, após um considerável atraso – chegou a ser “anunciado” em 2012, sério. Ainda bem fresco no mercado, o disco teve uma espécie de faixa bônus divulgada pela artista nesta semana. A faixa se chama “Trouble Again”, e mescla batidas eletrônicas, rap e viradas sonoras marcantes. Uma prova do bom retorno da MIA ao cenário musical.

 

Sai o clipe de “Instant Crush”: o clipe do Daft Punk e do Julian Casablancas

Por meio de uma TV francesa, foi divulgado nesta semana o teaser do vídeo de “Instant Crush”, faixa que compõe o ótimo Random Access Memories, álbum lançado pelo Daft Punk neste ano e que está em praticamente TODAS as listas de melhores de 2013. O (incrível) vídeo saiu hoje, na íntegra. A faixa conta com a participação especial do ‘stroke’ Julian Casablancas, sim, o mesmo que vem ao Brasil para se apresentar no Lolla 2014. Desnecessário dizer que a canção é demais, né?

 

O Killers e as canções natalinas

O Killers reforça mais uma vez sua posição no grupo de artistas que possui canções natalinas no currículo – a banda já fez isso outras vezes. Nesta semana, o grupo liderada pelo Brandon Flowers soltou o clipe da faixa “Christmas in LA”, que em determinado momento faz menção ao hit “Carmelita”, do cantor norte-americano Warren Zevon. “This year, the song’s about a struggling actor in LA who misses the traditional Christmas,” disse Flowers ao Metro internacional. É o Killers no clima natalino.

 

Lorde lança vídeo novo

Após ouvir o álbum de estreia da Lorde – a cantora de 17 aninhos –, uns três dias seguidos, durante o caminho ao trabalho, cheguei à conclusão de que se trata de um grande disco. Em especial a faixa “Team”, que coincidentemente ganhou um belo clipe nesta semana. Há poucos dias a Lorde apresentou a mesma “Team” durante um show na Austrália, que repercutiu bem nas redes sociais. Ela vem ao Lollapalooza Brasil e, claro, o Cultura no Prato estará lá. A mocinha é competente mesmo.