Thiago Pethit e a salvação do rock nacional

O clichê midiático (e às vezes preguiçoso) geralmente considera que os bons trabalhos dos roqueiros do nosso tempo são “a salvação do rock”. É preciso ponderar, sem deixar de ser crítico, obviamente, que dificilmente um ritmo que atravessou gerações e hoje possui diversos subgêneros precise ser preservado de uma eventual catástrofe estética. Entretanto, celebrar o lançamento de belas obras é perceber qualidades em meio a uma liquidez de produções medianas.

O álbum Rock’n’Roll Sugar Darling, lançado pelo músico Thiago Pethit no último mês, com produção de Adriano Cintra e Kassin, é um recorte do rock contemporâneo que merece atenção. Disponibilizado para download no site do artista (clique aqui para baixar), o disco não só mostra que temos bons nomes no cenário roqueiro nacional, como também faz constantes menções a outros períodos do rock, de Bo Diddley a New York Dolls.

Em “Story in Blue” o músico evoca baladas do final dos anos 50 – pense na beleza que seria uma espécie de versão underground para “Stagger Lee”, canção famosa na voz do cantor Lloy Price. Já a faixa que dá nome ao álbum é sexy, dançante e exibe belos solos de guitarra, cuja letra cita (e brinca) com o clássico “Tutti-Frutti”. Há também a road movie “Romeo” (vídeo abaixo), a provocante “Quero Ser seu Cão” – título que resgata a famosa canção dos Stooges – e elementos que conectam sonoridades que mesclam rockabilly, blues e o uso de samples e meios de criação digitais. Discão.

Sobre a ideia de salvar ou não o rock nacional, vale destacar que encontrar nomes realmente criativos na música sempre exigiu olhar e ouvidos atentos a trabalhos que fogem do óbvio – ou do que geralmente é vendido nas prateleiras da indústria cultural. Portanto, não se trata de um fenômeno negativo exclusivo do período no qual vivemos.

Outra crítica que dever ser feita é a respeito da preocupante guinada à direita que alguns artistas nacionais deram – um conservadorismo que nada tem a ver com a rebeldia do rock. A resposta ao atual momento está na qualidade transgressora de trabalhos como Rock’n’Roll Sugar Darling, que apesar de não ser a salvação do rock, é uma ótima renovação.

Show

O Sesc Pinheiros recebe, no dia 15 de janeiro, o show de lançamento do álbum Rock’n’Roll Sugar Darling, que marca a nova turnê de Thiago Pethit. Confira:

Serviço:

Local: Sesc Pinheiros (Teatro Paulo Autran).

Data: 15 de janeiro, às 21h.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Ingressos à venda pelo Portal SescSP a partir de 6 de janeiro, às 16h30, e nas bilheterias das unidades a partir do dia 7, às 17h30.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s